Geral (982)

Quinta, Set 14 2017
Avalie este item
(0 votos)

Acidente deixa avenida Lincon Westin da Silveira congestionada na manhã desta quinta-feira(14). 

Próximo ao acidente , possui uma Faculdade (Unopar) que junto com os comerciantes locais já requisitaram quebra molas, faixa de pedestre a Prefeitura de Alfenas, mais nada foi feito até o momento. No local já foi registrados vários acidentes , envolvendo pedestre e veículos.

 

 

Quinta, Ago 31 2017
Avalie este item
(0 votos)

De 31 de julho a 5 de agosto, a delegação alfenense de tênis de mesa esteve presente na Etapa Estadual dos Jogos Escolares de Minas Gerais, o JEMG, e obteve resultados significativos.

Resultados do tênis de mesa

No Módulo I Masculino, a delegação alfenense obteve a 9ª colocação com Igor Santos, aluno do Colégio CRA.

No Módulo II Masculino, os resultados foram os seguintes: 3º lugar para Luís Gustavo Cesário, 4º lugar para Eduardo Cesário, e 6º lugar para Marcos Antônio Júnior, todos alunos da E. E. Dr. Emilio Silveira. Lucas Lino, da E. E. Samuel Engel obteve o 10º lugar.

No Modulo II Feminino, Ana Vitória Oliveira conquistou o 1º lugar, Ana Júlia Nogueira ficou em 3º lugar, e Ana Gabrieli Oliveira ficou na 5ª colocação – todas alunas da E. E. Samuel Engel.

Com o resultado, a campeã Ana Vitória irá disputar a fase nacional dos jogos escolares no Módulo II (de 15 a 17 anos) dos JOGOS ESCOLARES DA JUVENTUDE, que será realizado em Brasília, de 16 a 25 de novembro.

Os atletas alfenenses dos Módulos II Feminino e Masculino conquistaram o 1º lugar na categoria troféu de equipe.

Alfenense é Técnica Destaque – Anos 2016 e 2017

A Professora de Educação Física Rayane Eduarda Menezes Lorenzo, de 23 anos, recebeu o título de Técnica Destaque no Tênis de Mesa pelas mãos da SRE de Varginha.

A escolha da Técnica Destaque é feita a partir dos resultados dos atletas no campeonato. Alfenas já subiu ao pódio do JEMG no tênis de mesa 5 vezes, e em 5 anos levou atletas alfenenses a disputar a competição de altíssimo nível e destaque, os JOGOS ESCOLARES DA JUVENTUDE – etapa nacional dos jogos escolares.

Segundo Rayane, Alfenas é considerada uma das equipes mais fortes do tênis de mesa no JEMG: “Isso traz pra mim um feedback, um sinal de que o trabalho que vem sendo feito há cinco anos está dando certo”, afirma.

“Agradeço o apoio de dois grandes incentivadores do Tênis de Mesa em Alfenas: a Academinas e a Prefeitura Municipal de Alfenas, através das secretarias de Esporte e Educação e Cultura”, relata a técnica.

Na opinião de Rayane, Alfenas tem se destacado no tênis de mesa dos jogos escolares devido ao trabalho de massificação feito pela Prefeitura, por meio do Cidade Escola: “conseguimos atingir diversos alunos em diferentes lugares, tendo um grande número de praticantes. Com esse trabalho de massificação, conseguimos lapidar jovens talentos e obter resultados satisfatórios com alto nível de rendimento, em âmbito nacional”, comenta ela.

 ASCOM/Prefeitura de Alfenas

Quarta, Ago 30 2017
Avalie este item
(0 votos)

Com o objetivo de divulgar uma das novas vocações de Alfenas, acontecerá pela primeira vez a FITE - Feira de Inovação Tecnológica e Empreendedorismo, no dia 16 de setembro, na Concha Acústica de Alfenas.

O evento contará com palestras de empreendedores e especialistas no tema e tem como objetivo atrair o público alfenense, desde estudantes de ensino Fundamental e Médio até os empresários da cidade e região. Também haverá apresentações culturais de dança, música e teatro, incentivadas pelo programa Cidade Escola, da Prefeitura Municipal de Alfenas. O espaço da Concha Acústica receberá stands de diversas instituições e empresas da região.

No dia 29 de setembro foi realizada reunião na Câmara Municipal de Alfenas para alinhar os últimos detalhes da FITE, como logística, stands e programação. Participaram da reunião representantes do Programa Cidade Escola, da Secretaria de Juventude e Turismo de Alfenas, da coordenação do curso de Administração da Unifenas, do Sebrae, do Unis, da NidusTec, da Sedectes (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior) e da Prepara Cursos.

Fotos e texto: ASCOM/ Câmara Municipal de Alfenas

 

Quinta, Ago 24 2017
Avalie este item
(0 votos)

A Conselheira Municipal de Saúde, Cione Silva, representou Alfenas na 2ª Conferência Nacional de Saúde das Mulheres, organizada pelo Conselho Nacional de Saúde.

A Conferência foi realizada de 17 a 20 de agosto, em Brasília, e contou com a presença de aproximadamente 1.800 delegadas e delegados de todo o Estado da Federação.

Com o tema “Desafios para Equidade com Qualidade: “Nenhum Direito a Menos”, o evento teve por objetivo debater e votar propostas de políticas públicas de saúde voltadas para mulheres.

 ASCOM/Prefeitura de Alfenas

 

Quarta, Ago 23 2017
Avalie este item
(0 votos)

A prisão cautelar é a mais excepcional das medidas e não pode ser estabelecida com base em suposições. Com esse entendimento, o ministro Sebastião Reis Júnior, do Superior Tribunal de Justiça, concedeu Habeas Corpus a dois empresários acusados de participar de esquema de roubo e receptação de cargas.

Os autores da ação são donos de uma loja de bebidas na cidade de Ibiporã, no Paraná. São acusados junto com outras pessoas de formar o esquema de rouco e receptação.

O juiz que decretou a prisão dos suspeitos afirmou na decisão que os crimes foram praticados “em tese, pelos investigados”, que existem “fortes indícios” que eles formam uma organização criminosa e que “maioria” dos investigados possui antecedentes criminais.

Atuando na defesa dos dois empresários, os advogados Lucas Andrey BattiniGuilherme Maistro Tenorio Araujo ressaltaram no HC apresentado ao STJ que seus clientes não possuem antecedentes e que contra eles pesam "apenas suposições". Eles ressaltaram que, ao decretar a prisão, o juiz considerou o grupo como uma coisa só, sem individualizar os suspeitos.

Os argumentos foram acolhidos pelo ministro Reis Júnior, que ressaltou que a prisão cautelar só deve ser estabelecida se for comprovada sua inequívoca necessidade.

“Não há, por ora, dados concretos (mas, apenas suposições) que indiquem que os pacientes tentaram obstruir as investigações e, muito menos, que eles pretendem fugir da comarca. Quanto ao risco de reiteração de criminosa, o Magistrado tratou todos os investigados de uma única forma, como se todos tivessem antecedentes criminais e, por isso, pudessem continuar a prática delitiva. O que não condiz com a realidade”, disse o ministro. Fonte: ConJur

 

Segunda, Ago 21 2017
Avalie este item
(0 votos)

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura divulgou no início de agosto os nomes dos alunos que tiveram seus trabalhos classificados no Concurso de Redação promovido pela EPTV Sul de Minas, o “EPTV na Escola”.


Em Alfenas, 10 redações foram selecionadas, pertencentes às redes pública e particular de ensino. Dentre elas as classificadas, destaca-se a redação de Agléte de Fátima Silva, de 60 anos, aluna do EJA da Escola Municipal Dr. João Januário de Magalhães – CAIC.

Aglete foi cabeleireira durante 40 anos. Procurou o EJA para não ficar parada: “no começo, me senti um peixe d’água. Com o tempo, descobri que podia me engajar com a turma, e inclusive motivá-los”. E ressalta, toda orgulhosa: “a notícia sobre a seleção da minha redação no concurso está incentivando também meus netos voltarem a estudar”!
Na opinião dela, falta mais divulgação do EJA. E disse que houve um esforço muito grande por parte da professora de português Silvana Machado, que se empenhou muito para que os alunos do 9º do EJA participassem do concurso.
Agléte conta que “Se essa rua fosse minha” foi uma cantiga que ela cantou para a filha quando era bebê e que marcou muito a vida das duas.
Ela explica o que a motivou a escrever o texto da sua redação: “Essa rua já não é mais bonita. É cheia de buracos, abandonos e de pessoas sem sonhos. Afinal, são as ruas que nos dão acesso a várias coisas na vida. Tudo foi desbravado por uma rua. Hoje, a rua já não é mais minha, mas do povo. E se tornou um grande logradouro. Do bem e do mal”.