Audiência Pública em Alfenas busca soluções para animais abandonados Destaque

  • Quarta, Ago 30 2017
  • Escrito por 

A Audiência Pública sobre maus tratos aos animais e presença de cachorros abandonados em vias públicas, ocorrida na Câmara Municipal ontem (24), contou com a presença de cerca de 150 pessoas, além de autoridades políticas e relacionadas ao tema.

A Audiência foi convocada após alguns casos de ataques de cães à população alfenense, tendo como objetivo a criação de políticas públicas para resolver o problema dos cães já abandonados e também evitar que o número de cães nas ruas aumente.

Atuação conjunta
O discurso das autoridades presentes ressaltou um ponto importante para resolução dos problemas enfrentados na cidade em relação aos animais de rua: atuação conjunta entre Poder Executivo, Legislativo, Ministério Público, setor privado, ONGs e protetores independentes.

O Vereador Dr. Batata lembrou que propostas já foram aprovadas pelos vereadores de legislaturas anteriores, com soluções como a criação de uma clínica veterinária municipal, descontos no IPTU para quem adotar cães e gatos e criação do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais de Alfenas.

Entre as novas propostas dos Vereadores Flauzino e Tadeu estão a criação de uma rede de comunicação para facilitar denúncias e responsabilizar os cidadãos que abandonam os animais, a identificação de animais com chip para a localização de cães perdidos, a determinação de um setor responsável para acolher as denúncias da população e a castração massiva dos cães e gatos da cidade.

Outro ponto apresentado no debate foi a importância da educação em relação ao tema para toda a população. Programas de orientação em escolas já são realizados por acadêmicos de Medicina Veterinária da Unifenas e o Prefeito Luizinho sugeriu a produção de uma cartilha, que será entregue para toda a população, esclarecendo sobre os cuidados com os animais e coibindo os crimes de violência, maus tratos e abandono.

A Coordenadora de Vigilância em Saúde Ambiental de Piracicaba - cidade referência em termos de cuidados com animais - Eliane de Carvalho também apresentou a realidade dos acumuladores, que passam por problemas psicológicos e mantém vários animais em casa, em condições precárias. Eliane ressaltou que o tratamento dessas pessoas também faz parte de políticas públicas para resolver o caso.

Vítimas de ataques
Três vítimas de ataques de cães se manifestaram durante a audiência para apresentar seus casos e pedir soluções das autoridades. Uma das vítimas teve que passar por cirurgia na perna após ser atacado enquanto andava de moto.

A maioria presente concordou que o recolhimento de todos os animais é inviável, inclusive a Secretária Executiva Kátia Regina, que disponibilizou a Secretaria do Meio Ambiente para contato de vítimas de ataques de cães. Kátia explicou que os animais considerados agressivos são levados para a o veterinário responsável e passam por exames e quarentena, antes de serem levados para o canil municipal.

Kátia ainda ressaltou que o espaço atualmente é bem cuidado, porém precisa ser ampliado, para acolher com dignidade os novos animais que chegarem.

Possíveis soluções
O Prefeito Luizinho apresentou algumas soluções possíveis para o problema. Luizinho firmou o compromisso de indicar membros para o Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais de Alfenas e também de criar o Fundo Municipal de Defesa Animal, para incentivar uma rotina de castração na cidade. O Prefeito também comentou que a nova tabela municipal do SUS contempla gastos com a saúde animal.

Os Vereadores Tadeu e Flauzino também se comprometeram a continuar buscando soluções para o problema, em um trabalho conjunto com as ONGs e protetores da cidade.

 

FONTE: ASCOM/ Câmara Municipal de Alfenas

Avalie este item
(0 votos)
Publicado em Política
Redação

Website.: www.alfenasnews.com.br E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Entre para postar comentários

Publicidade